As 5 mais espetaculares e mortais paisagens do mundo

Lugares com um visual incrível, capazes de atrair qualquer pessoa para as mais perigosas armadilhas da natureza: é isso o que você vai conhecer nesta lista, que mostra os mais diversos locais espalhados pelo planeta que podem matar você em pouco tempo. Confira:

 

1) Reserva Natural Integral do Tsingy de Bemaraha – Madagascar

Devido à sua geografia única, a Reserva Natural Integral do Tsingy de Bemaraha foi declarada como Patrimônio Mundial pela UNESCO. No entanto, não é preciso qualquer tipo de barreira ou proteção para que o espaço seja protegido de depredação.

Fonte da imagem: Wikimedia Commons.

O planalto de calcário de aproximadamente 1.500 km² foi moldado durante milhares de anos de erosão, causada pela água e pelo vento. O resultado são milhares de pedras afiadas como facas, capazes de exterminar qualquer visitante ao menor descuido. A área é tão difícil de ser explorada que, a cada vez que uma equipe é movida para a região, mesmo após dias de expedição, são encontradas aproximadamente cinco novas espécies.

 

2) Boiling Lake – Dominica

Águas termais podem ser uma boa opção de relaxamento, mas no Boiling Lake (que pode ser traduzido como lago fervente) a temperatura faz com que a ideia de contato com a água seja afastada imediatamente.

Fonte da imagem: Reprodução/Flickr Antoine Hubert.

Localizado na pequena ilha de Dominica, o local traz águas que nunca ficam mais frias do que 82 °C, chegando a até 91,5 ºC — sendo que a medição é feita pelas laterais do local, o que faz com que os cientistas acreditem que a temperatura no centro do lago é muito superior, já que é lá que a água fica borbulhando constantemente.

A alta temperatura faz com que um vapor se forme ao seu redor, o que deixa o ambiente ainda mais impressionante. Sites de viagens deixam claro que as rochas ao redor do lago são extremamente escorregadias, o que faz com que a região seja ainda mais perigosa, exigindo o máximo de cuidado dos exploradores.

 

3) Bolton Strid – Yorkshire

O visual calmo do estreito córrego localizado em Yorkshire, Inglaterra, é capaz de enganar até mesmo um nadador experiente. Não é à toa que taxa de mortalidade de suas águas é de nada menos do que 100%. Não, você não leu errado: ninguém que já tenha entrado no Bolton Strid foi capaz de voltar para contar a história.

Fonte da imagem: Wikimedia Commons.

Embora as águas não pareçam muito movimentadas em alguns trechos, a correnteza do rio é muito forte, um fator determinante que se soma a outras peculiaridades do córrego. Tudo o que se sabe até hoje é que o Bolton Strid é extremamente profundo (nunca foi possível medir a profundidade exata do rio), além de abrigar uma galeria repleta de cavernas subaquáticas, totalmente misteriosas.

 

4) Triângulo de Afar – África

Ambiente estável não é a melhor forma para descrevermos o Triângulo de Afar. O desfiladeiro que não impressiona tanto ao primeiro olhar abriga perigos extremamente mortais. A primeira coisa assustadora da região está nas crateras gigantes que se abrem aleatoriamente, sem qualquer aviso.

Fonte da imagem: Reprodução/Cracked.

O Triângulo de Afar fica localizado entre duas placas tectônicas, a africana e a arábica, que se distanciam com o passar dos anos, aumentando ainda mais o gigante desfiladeiro existente entre elas.

Como se isso já não fosse assustador o bastante, a região abriga atividades vulcânicas ativas, o que faz com que seja possível ouvir o magma borbulhando no fundo da cratera. Se você ainda acha que isso não é o bastante, o local tem labaredas de fogo frequentes, formadas pelo gás altamente inflamável presente na região, algo que pode chegar a 400 ºC.

 

5) Redemoinho de Corryvreckan – Escócia

O Redemoinho de Corryvreckan parece ter saído de algum filme de ficção, mas o maior pesadelo de navegadores é bastante real e jamais foi interrompido. O fenômeno é formado pela soma de uma correnteza bastante forte no local e um considerável desnível no fundo do mar.

Fonte da imagem: Reprodução/Seafari.

Nos dias em que a correnteza está calma, é possível pagar um barco para se aproximar do “vortex” de água. A uma distancia relativamente segura, você poderá sentir toda a força da natureza e perceber o quanto pode ser mortal navegar por mares desconhecidos.

FONTE(S)     Mega Curioso,  Cracked.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *