Sabia que o stress nos faz morrer jovens? Veja 7 formas de acabar com ele

Somos pressionados a todo o momento: precisamos estudar, trabalhar, pagar aluguel, bater metas, economizar no mercado, discutir a relação, cuidar da limpeza da casa, enfrentar ônibus lotados, metrôs entupidos de gente e, como se não bastasse, devemos cuidar de nossa saúde física e mental, para que essas cobranças não nos tirem do sério e acabem prejudicando a nossa vida mais do que gostaríamos.

A combinação entre stress e ambiente de trabalho não é nada produtiva, e, independente do que esteja deixando você estressado, é sempre bom tentar melhorar um pouco a situação. O Mother Nature Network publicou uma série de dicas valiosas que podem ajudar você a diminuir seus níveis de stress. Só para você ter ideia, um estudo recente realizado nos EUA revelou que trabalhar em um ambiente estressante pode ser tão prejudicial à saúde quanto ser um fumante passivo.

A pesquisa, realizada por cientistas da Universidade de Harvard, buscou elencar os elementos que mais nos deixam estressados no trabalho: histórico de cada trabalhador, turnos de trabalho, conflitos profissionais e pessoais, níveis de reconhecimento profissional, demandas diárias de trabalho, sistemas de suporte social e disponibilidade de plano de saúde.

Ainda que o levantamento não tenha sido feito com base em cenários profissionais brasileiros, podemos adaptar as conclusões para a nossa realidade sem problemas. Os pesquisadores descobriram que a presença desses fatores estressantes pode aumentar o risco de morte prematura em até 50%. Mesmo quando o stress é pequeno, nossa saúde é quem paga o preço – para diminuir a conta, tente seguir as dicas a seguir:

 

1 – O poder da respiração

Como respirar é algo que fazemos automaticamente, é até compreensível o fato de que nem sempre damos o devido valor a essa atividade. Inclusive, em uma publicação recente, nós ensinamos nossos leitores a pegarem no sono em apenas um minuto. Como? Com uma técnica excelente de respiração.

O fato é que, quando você se concentra em sua respiração, acaba relaxando sem perceber. A dica é esvaziar bem os pulmões, respirar profundamente e segurar o ar por alguns segundos. Depois, soltar o ar lentamente. É um exercício bem simples e que pode ser feito a qualquer momento e em qualquer lugar. O resultado? Mais calma no seu dia a dia.

 

2 – Xô, distração!

Quando você tem um prazo para terminar uma tarefa, o ideal é se livrar de tudo aquilo que possa causar uma distração. Se o trabalho é na frente do computador, feche algumas abas desnecessárias que podem atrapalhar seu desempenho – tchau, Facebook e Twitter.

Se você é do tipo que vive em função das notificações do seu celular, deixá-lo desligado ou longe do seu campo de visão pode ser uma boa ideia. Por mais difícil que seja para você, ficar pelo menos 30 minutos sem distração vai melhorar a sua produtividade e, consequentemente, diminuir a pressão e o stress.

 

3 – Permita-se descansar

Fazer intervalos é fundamental. Por mais que estejamos acostumados a pensar que devemos dar o nosso melhor por no mínimo oito horas por dia, fazer algumas pausas durante esse tempo é fundamental. É humanamente impossível manter o mesmo nível de foco por horas seguidas.

O ideal é manter-se focado por mais ou menos 90 minutos e, depois, fazer um intervalo de cinco minutinhos. Se trabalha sentado, o bom é que nesses cinco minutos você se levante e dê uma voltinha, se for possível. Nesses minutos de intervalo, alongue-se, respire fundo, beba água e, quando voltar para a sua mesa, estará muito mais disposto do que antes.

 

4 – Foque-se no que vale a pena

Imagine que, assim como seu celular, seu corpo também tem uma quantidade determinada de energia. Se desativar o 3G é uma forma de economizar a bateria do seu aparelho, deixar de se preocupar com o que você não pode mudar é uma forma de poupar a sua “bateria”.

O comportamento daquele cara insuportável do seu trabalho, por exemplo. Ficar pensando nisso vai fazer com que ele comece a agir de outra maneira? Perder tempo falando mal dele vai fazer com que ele entre em combustão espontânea? Não? Então vá se policiando para deixar de perder tempo pensando nisso. Com o passar dos dias, você já vai abstrair essa irritação desnecessária e inútil.

 

5 – Durma bem

Falar é fácil, a gente sabe. Acontece que uma boa noite de sono é fundamental para um dia produtivo no trabalho e, inclusive, para um dia sem tanto stress. Nesse sentido, indicamos que você não coma nem consuma bebida alcoólica logo antes de deitar e, claro, só vá para a cama quando for dormir – além disso, levar computador, tablet e celular para baixo das cobertas é uma péssima ideia.

 

6 – É preciso dizer “não”

É verdade que nem sempre podemos nos dar ao luxo de negar um pedido. Justamente por isso, é preciso reconhecer algumas situações nas quais o “não” é necessário. Por mais que você tenha muita vontade de crescer como pessoa e como profissional, é preciso ter noção de que um dia tem 24 horas e de que você não deve se sobrecarregar.

Deixar de aceitar alguns convites para cursos, eventos e afins às vezes é uma coisa necessária. Quando nos sobrecarregamos e ficamos cheios de afazeres, nos sentimos muito mais cansados, irritados e, claro, estressados. Aprender a dizer não e a dica de usar sua preocupação e sua energia apenas com o que realmente importa são técnicas complementares que só vão fazer bem à sua saúde mental.

 

7 – Evite ficar perto de pessoas negativas

Sabe aquela pessoa que vive fazendo fofoca ou dizendo que o escritório é um lixo, o chefe é um mala e o salário, horrível? Então… Fique longe dela. Manter-se distante de gente negativa e que, por motivos racionais ou não, parece “roubar” a sua energia, é regra para a vida e, inclusive, para o ambiente profissional.

Não significa, de maneira alguma, que você precisa maltratar essa pessoa ou sair por aí falando mal dela. Significa apenas que você pode evitar ficar perto dela quando for possível. Da mesma forma que você fica extasiado quando vai a um show e vibra com a quantidade de energia das pessoas ao seu redor, o oposto também acontece, e pessoas negativas são capazes de influenciar seu modo de enxergar o trabalho, as tarefas e as pessoas que estão ao seu redor. Melhor evitar.

Via Mega Curioso.

Deixe uma resposta!

%d blogueiros gostam disto: