Artista transforma bonecas hipersexualizadas em mulheres inspiradoras

Que tal dar uma boneca da Malala ou da J. K. Rowling para uma criança no Natal? É o que sugere a artista americana Wendy Tsao. Dona do Child’s Own Studio, ela é especializada em desenvolver brinquedos.

Ao ler uma matéria sobre o fato de várias das bonecas disponíveis no mercado serem hipersexualizadas, com cinturas finíssimas e maquiagem exagerada, Wendy teve uma ideia: transformá-las em representações de mulheres reais.

“Estou familiarizada com a noção de que os brinquedos podem ser uma fonte de conforto, orgulho e significado para uma criança, e até mesmo adultos”, escreveu a artista em artigo no Bored Panda. “As bonecas que encontramos nas lojas de brinquedos hoje geralmente são de personagens da Disney ou heroínas de filmes de Hollywood que ganham dinheiro conquistando jovens consumidores por meio de personagens ficcionais. Mas existem heroínas na vida real também, que têm histórias inspiradoras de coragem, inteligência, força e individualidade”.

Confira algumas das transformações:

Jane Goodall, antropóloga britânica (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)
Jane Goodall, antropóloga britânica (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)

 

Malala Yousafzai, ativista e vencedora do prêmio Nobel da Paz de 2014 (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)
Malala Yousafzai, ativista e vencedora do prêmio Nobel da Paz de 2014 (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)

 

Waris Dirie, modelo e ativista que sofreu mutilação genital aos três anos (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)
Waris Dirie, modelo e ativista que sofreu mutilação genital aos três anos (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)

 

J.K. Rowling, autora de Harry Potter (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)
J.K. Rowling, autora de Harry Potter (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)

 

Roberta Bondar, primeira astronauta canadense (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)
Roberta Bondar, primeira astronauta canadense (FOTO: REPRODUÇÃO/WENDY TSAO)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *