Há 14 anos a Apple lançava o iPod

“Decidimos trabalhar com música. Mas por que música?”, questiona Steve Jobs. Com seu uniforme clássico, calça jeans e blusa preta de gola alta, o empresário anda pelo pequeno palco com um controle na mão direita. “Porque nós amamos música e é sempre bom trabalhar com algo que você ama.”

“Mais importante do que isso é o fato de que a música faz parte da vida de todo mundo”, continua Jobs. A cena é da apresentação do iPod, ocorrida em 2001. No dia 23 de outubro daquele mesmo ano ocorreria o lançamento do produto que mudaria a forma como a música é consumida.

Vale lembrar que, até então, as pessoas utilizavam aparelhos de rádio e discmans para ouvir suas faixas preferidas. O físico foi trocado pelo digital e, em vez de ter um CD à disposição, foi possível ter todo um acervo disponível a alguns apertos de botão. De acordo com o About, até dezembro de 2014, foram vendidos 390 milhões de iPods.

Ao longo dos anos, foram lançadas várias versões do aparelho. O primeiro foi o classic, em 2001, seguido pelo mini, em 2004, o nano e o shuffle foram lançados em 2005, o touch é o mais recente, de 2007.

A Apple encontrou a resposta para o mercado da música digital, não só com a criação do iPod, mas com o desenvolvimento do iTunes. A partir da plataforma é possível comprar as músicas, dando uma alternativa também para o problema da pirataria.

Atualmente a empresa está apostando no Apple Music, um serviço de streaming de música que funciona de forma similar ao Spotify e o Deezer.

Vale voltar 14 anos no tempo e conferir na íntegra a apresentação de Jobs sobre o iPod. Assista:

Via Revista Galileu.

Deixe uma resposta!

%d blogueiros gostam disto: