Como é o céu em outros planetas?

Encoberto, parcialmente nublado, limpo, com possibilidade de pancadas de chuva… Não importa o tempo ou como ele esteja, nós sabemos que o céu é azul. Aliás, sabemos que, na verdade, a atmosfera da Terra dispersa mais o azul do que as outras cores do espectro da luz. Quase como um prisma. Percebemos isso também ao entardecer, quando o espectro de luz mais dispersado é o vermelho.

Mas céu azul é só na Terra mesmo. Em outros planetas, quando visível, ele pode não ter cor, ser rosa, vermelho, ou com anéis. Confira como é o céu em outros planetas:

 

Mercúrio

Além de ser o primeiro planeta do sistema solar, e por não ter atmosfera, o céu de Mercúrio é totalmente negro, como a vista do espaço sideral. Podemos ver o Sol e todas as estrelas, a qualquer hora do dia. É semelhante ao céu na Lua.

 

Vênus

A atmosfera de Vênus, por outro lado, é altamente densa, com nuvens de ácido. Quando o Sol não está bloqueado pelas nuvens densas, ele provavelmente aparecerá branco-amarelado ou alaranjado.

 

Marte

Com uma atmosfera rica em dióxido de carbono, solo avermelhado e uma camada de poeria, o céu de Marte tem um tom vermelho predominante. As áreas próximas ao Sol ficam com uma tonalidade azulada, e no nascer e no pôr do Sol, ele fica rosa.

 

Júpiter

Estando com o céu livre das tempestades, pode-se ver tons amarelo-escuro. Entretanto, nas regiões onde ocorrem tempestades, que são muito comuns, substâncias à base de amônia tingiria as nuvens e o céu de laranja, vermelho e marrom.

 

Saturno

Em dias de céu limpo, os anéis de Saturno apareceria no céu, assim como a grande lua Titã, que é laranja-escura. Quanto mais próximo da “linha do Equador”, mas finos serão os anéis. Todavia, as nuvens de amônia, também presentes no planeta, deixariam o céu de Saturno como o de Júpiter, só que um pouco mais esbranquiçado.

 

Urano

Uma grande quantidade de gás metano deixaria o céu de Urano com uma tonalidade ciano, já que o sol se encontra bem distante, o dificulta a chegada da luz no planeta. Contudo, especula-se que o efeito não seja tão brilhante na prática.

 

Netuno

Por causa da existência do gás metano no planeta, o tom de ciano também é predominante, como em Urano. A diferença é a distancia em relação ao sol, que é ainda maior, deixando a tonalidade do céu de Netuno mais escura para os olhos humanos.

 

Plutão

Assim como em Mercúrio, não há atmosfera em Plutão, o que deixaria o céu escuro e com estrelas o tempo todo, no entanto, com a luz do Sol mas enfraquecida, devido à distância.

Com a passagem da New Horizons perto do planeta, reacendeu o debate para saber se ele é um planeta ou um planeta anão, mesmo assim, ele não poderia ser deixado de lado.

FONTES: Mundo Estranho, UltraCurioso, PapoCurioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *