Mistério: conheça 9 andares secretos de construções ao redor do mundo

Lugares e construções secretas podem despertar a imaginação de muitas pessoas. Tanto para formular teorias da conspiração quanto para criar histórias macabras ou para produções cinematográficas de sucesso. Na ficção, há muitos casos de locais ou andares ocultos em edificações, mas o que poucos sabem é que também há locais, alguns famosos inclusive, que possuem pisos sigilosos aos quais poucas ou nenhuma pessoa tem acesso.

Com base em uma publicação do site Mental Floss, confira 9 andares secretos de construções ao redor do mundo:

 

1. The Empire State Building, Nova York, EUA

O Empire State é um dos prédios mais famosos do mundo e está localizado na ilha de Manhattan, em Nova York. Já foi considerado a maior estrutura do planeta e recebe, diariamente, milhares de turistas. Quem vai visitar o Empire State tem a opção de ir até o deck de observação no 86º andar ou à plataforma no 102º. No entanto, quando todos acham que estão no topo ao atingir o andar mais alto, poucos sabem que há um nível secreto logo acima, o 103º.

Originalmente pensado para receber turistas a bordo de dirigíveis, por meio de plataformas, o plano nunca foi efetivado. Como não possui qualquer recurso de segurança, como vidros ou grades, o piso permanece selado e sem utilidade.

 

2. O quinto andar do hotel Yanggakdo, Pyongyang, Coreia do Norte

Tirando o fato de que a Coreia do Norte por si só é um país quase inteiramente secreto no mundo, há um misterioso detalhe desbravado por alguns aventureiros em um dos edifícios da capital Pyongyang. Trata-se do quinto andar do hotel Yanggakdo, que não existe no elevador do prédio. Com isso, a turma do blog de viagens Monsoon Diaries, de passagem no local, resolveu subir até o sexto pavimento e descer pelas escadas.

No andar oculto, eles encontraram muitas portas trancadas e as paredes cobertas por pôsteres de propaganda governamental e mensagens aparentemente militares como “vamos nos preparar para derrotar os invasores”. Não havia pessoas no local. Confira um pouco do que eles acharam por lá no vídeo acima.

 

3. O resort Greenbrier, Virgínia Ocidental, EUA

Embaixo do luxuoso resort Greenbrier há um complexo de mais de 10 mil metros quadrados construído na época de Guerra Fria com o propósito de abrigar todos os congressistas do país no caso de um ataque nuclear a Washington. O projeto Ilha Grega, como foi chamado, não precisou ser utilizado e permaneceu oculto até 1992, quando o jornal Washington Post revelou sua existência ao público. Desde então, o hotel oferece tour de visitação ao local secreto para os seus hóspedes.

A construção do complexo teve alguns fatos que impressionam. Contando com portas de segurança de 25 toneladas, o projeto Ilha Grega fica embaixo de um edifício que foi construído anexo ao hotel. Buscando disfarçar a obra, todo o montante de terra deslocado foi utilizado para produzir um campo de golfe inteiro. Os militares envolvidos na construção eram apresentados como empregados de uma empresa de audiovisual e supostamente estavam lá para fazer a manutenção dos mais de mil aparelhos televisivos do resort. Equipamentos de purificação de água, alimentos com capacidade para atender seis meses de estadia de todos os representantes do governo, câmaras de descontaminação e até um hospital próprio são algumas das coisas que poderiam ser encontradas no local.

 

4. O ático de uma casa, Amsterdã, Holanda

A casa parece bem antiga, mas aparentemente comum. No entanto, uma parede falsa na sala de estar dá acesso a uma escada espiral que leva ao ático da residência, onde é possível ver um altar de mármore, assentos para 150 pessoas e uma elaborada decoração dourada. Datado do século 17, esse salão secreto é uma igreja construída na época em que havia perseguições aos católicos na Holanda. Atualmente, a residência funciona como um museu.

 

5. O hotel New Yorker, em Manhattan, EUA

O hotel New Yorker era um dos edifícios mais tecnologicamente avançados no mundo quando foi inaugurado, em 1930. Com 2,5 mil quartos, o estabelecimento contava com uma barbearia para atender 50 pessoas, uma estação de rádio própria, imprensa e um salão de jantar com pista de gelo retrátil para patinação. Para ter energia suficiente para toda essa estrutura, havia uma usina gigante localizada embaixo do lobby, a mais de 24 metros do nível do solo. Remanescente até hoje, a usina e seus componentes, que tinham capacidade para alimentar uma cidade de 35 mil habitantes, estão inutilizados.

 

6. Walt Disney World, Flórida, EUA

Os milhões de visitantes do mundo encantado de Walt Disney muitas vezes nem sonham com toda a estrutura subterrânea que faz o parque funcionar. Construído para dar acesso às mais variadas atrações, os 9 acres de área construída funcionam como os bastidores do local, onde circulam funcionários, transporte de objetos, equipes de manutenção, entre outros. Segundo a história que se conta, a ideia de fazer esse compartimento foi do próprio Walt Disney, que, ao ver um empregado andando trajado de cowboy entre duas atrações na Disneylândia original, localizada na Califórnia, achou que aquilo poderia acabar com o encanto da fantasia para as crianças visitantes.

 

7. John Hancock Center, Chicago, EUA

O edifício John Hancock Center, inaugurado em 1969, também já foi considerado um dos maiores do mundo. Ele conta com áreas residenciais do 45º piso até o 92º, mas é restrito apenas aos moradores no 44º. Isso porque neste pavimento há uma complexa estrutura para atender aos residentes, que conta com um supermercado de quase 500 metros quadrados, portaria, biblioteca, academia, lounge e salas amplas para eventos, lavanderia e a piscina mais alta dos Estados Unidos. Em épocas de eleição, o andar recebe uma estação de voto própria.

 

8. Plymouth Church, Brooklyn, EUA

Uma das igrejas mais históricas dos Estados Unidos também possui um pavimento secreto que pode ser acessado por meio de uma parede localizada atrás do órgão. O salão oculto fica no subsolo, um local seco, com câmaras empoeiradas, arcos de tijolos e túneis. Tudo isso tinha como objetivo abrigar os escravos e prisioneiros que escapavam pela região. O mentor dessa estrutura foi o ministro e abolicionista Henry Ward Beecher, que presidiu o local e prometeu ajudar o maior número de escravos possível. Atualmente, a igreja continua funcionando, e a área secreta está aberta para visitação.

 

9. Igreja de São Thomas, Londres, Inglaterra

Antes parte do velho hospital São Thomas, atualmente o teto da igreja de mesmo nome abriga uma das estruturas antigas mais incríveis ainda existentes. Trata-se de um teatro de operações, onde os estudantes de Medicina do século 19 podiam assistir a cirurgias ao vivo para aprender com os profissionais encarregados. No ático desse anfiteatro, há um antigo boticário de ervas e um jardim onde elas eram armazenadas e cultivadas. Essa estrutura foi selada quando o hospital foi realocado e o lugar se tornou um templo religioso. Redescoberto na década de 1960, hoje ele abriga um museu e recebe visitantes que podem conferir equipamentos de cirurgia, como serras e lâminas de ossos de mais de 100 anos atrás.

Via MegaCurioso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *